10 dicas para cuidar da sua saúde vocal

1) Comer maçã – a fruta tem ação adstringente, ou seja, “limpa” a garganta;

2) Boceje – Aproveite ao acordar para bocejar e espreguiçar, são ações que podem diminuir a tensão da região do pescoço e dos ombros;

3) Evite gritos e sussurros – Usar a voz em tom mais altos ou mais baixos que o habitual necessita um esforço maior, que pode resultar na formação de nódulos;

4) Modere na pimenta – O exagero pode provocar irritações nas pregas vocais;

5) Beba bastante líquido – Prefira bebidas em temperatura ambiente. Dessa forma, toda a área das pregas vocais fica mais lubrificada;

6) Evite pigarrear – Para compensar a necessidade de tossir ou pigarrear forte, tente beber água ou deglutir algumas vezes;

7) Evite álcool e cigarro – Tem gente que diz que a bebida ajuda a “aquecer” a voz. Mas isso não passa de um mito! Com as pregas vocais “amortecidas”, não conseguimos controlar o esforço que utilizamos ao falar e podemos exagerar. No caso do cigarro, a nicotina, associada ao calor da fumaça, resseca as pregas vocais fazendo com que você fique rouco ou force ainda mais a musculatura para falar;

8) Evite café em excesso – Os responsáveis são o teor de cafeína e a temperatura elevada do café. Eles desidratam as pregas vocais e provocam um aumento da acidez no estômago, causando refluxo e ardor;

9) Evite ar condicionado – Ficar muito tempo em ambientes com ar condicionado compromete a respiração e resseca o aparelho fonador;

10) Articule bem as palavras – Articular bem a boca ao conversar facilita que os outros entendam o que você quer dizer e evita que você tenha que falar mais alto ou gritar para conversar.